Bolsas de Estudo na Austrália para brasileiros



O Destination Australia Program oferta mais de 1 mil vagas de bolsas de estudo para brasileiros.

Os estudantes brasileiros que sonham em começar uma carreira em outro local do mundo, podem desfrutar do Destination Australia Program, ou em tradução livre, o Programa Destino Austrália, iniciativa do governo local para a chegada de mentes brilhantes no ingresso em faculdades do país da Oceania.

O objetivo, segundo o governo australiano, é melhorar as instituições educacionais australianas regionais e remotas, promovendo atividades para seu crescimento e sustentabilidade; oferecer os estudantes locais e de outros países, a oportunidade de realizar educação, treinamento e pesquisa de alta qualidade, conhecendo o país e garantir que as regiões compartilhem os benefícios do setor educacional.



Segundo o departamento de educação, que equivale ao ministério da educação que temos no Brasil, os estudantes interessados podem procurar diretamente as instituições de ensino que participam do programa. Até o fechamento da matéria, são 1.180 oportunidades em 84 cidades diferentes, em 35 locais de estudo. Para consultar quais são, é interessante visitar este site: https://docs-edu.govcms.gov.au/node/53084.

Sobre a Austrália

O país localizado na Oceania é conhecido pela sua qualidade de vida e alto nível de desenvolvimento. Duas cidades são as mais conhecidas: a capital Camberra e a cidade mais populosa, Sidney.



É o sexto maior país do mundo em área territorial, perdendo somente para a Rússia, Canadá, China, EUA e Brasil. Sua geografia é similar a uma ilha, com riquezas naturais e paisagens exuberantes.

Estudantes brasileiros

Com oportunidades de emprego variadas, a Austrália se coloca como um dos lares mais preferidos dos estudantes brasileiros. A comunidade, inclusive, é uma das mais populosas, ficando somente atrás dos estudantes chineses e indianos, segundo números divulgados em 2017 pela Exame.

Desde 2011, esse número só cresce. Na temporada 2015/2016, 11.226 estudantes brasileiros, conseguiram ingressar no país da Oceania para praticar seus estudos e residir. A política de imigração também facilita, graças ao pomposo número de bolsas disponíveis para estudantes estrangeiros.

O visto de estudante, por exemplo, pode ser requisitado após doze semanas de estudo, pelos brasileiros. O visto de turismo, que dura três meses, também pode ser requisitado com certa facilidade. Com os vistos conquistados, os brasileiros podem começar a pensar em trabalhar, já que, com mais de doze semanas de estudo, o cidadão pode começar a trabalhar entre 20 a 40 horas semanais, conforme necessidade e disponibilidade de tempo.

Com a qualidade de vida nas cidades, o salário também é bastante atrativo. Alguns empregos mais simples pagam pouco mais de 18 dólares australianos, e em outros empregos braçais, por exemplo, o valor da hora paga pode chegar próximo de 40 dólares locais, o que ajuda o brasileiro a gastar com suas necessidades básicas, incluindo os gastos ao transporte, já que por lá, o transporte público realmente funciona.

Segundo estatísticas da associação brasileira de intercâmbio, o número de brasileiros que conquistam um emprego na Austrália chega aos 90%. Isso se deve a uma economia mais aberta, e as boas oportunidades que os estudantes conquistam. Uma parte deles já entra trabalhando na área onde está estudando e outros exercem sua força de trabalho em comércios locais, hotéis, restaurantes ou outros lugares com emprego mais facilitado.

A força de trabalho dos estrangeiros também ajuda nos índices baixos de desemprego, que ficam entre 3% nos grandes centros e 5% em locais mais afastados. Os cargos onde mais se consegue emprego são os de lavadores de pratos, ajudantes de obras e diarista, cozinheiro, garçom e ajudante de loja. Os mais fáceis e melhores são os de chef de cozinha, barista e assistente administrativo.

Com um bom currículo em mãos, se consegue empregos melhores. O salário mínimo australiano não fica por menos de 2.500 dólares australianos, uma boa renda se comparado os valores brasileiros.

Por Leandrinho de Souza

Bolsas de Estudo

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *