Bolsas de Estudo no Japão para Brasileiros


Programa Bolsa MEXT oferta bolsas de estudo para brasileiros com tudo pago para cursos profissionalizantes, técnicos superiores, graduações e pesquisas.

Para você que deseja concorrer a uma bolsa de estudo no exterior saiba que mais um país se interessou em oferecer este tipo de iniciativa para estudantes brasileiros. Pois, uma colaboração entre a Embaixada do Japão no Brasil e o governo do país asiático está oferecendo bolsas de diferentes modalidades de cursos para brasileiros. O programa “Bolsa MEXT” é para pessoas que possuem ou não curso superior. Confira abaixo todos os detalhes.

Informações iniciais sobre a bolsa para brasileiros no Japão

As oportunidades de bolsas MEXT (do Ministério da Educação, Cultura, Esportes, Ciência e Tecnologia do Japão) são para as seguintes áreas: curso profissionalizante, curso técnico superior, graduação e pesquisa. O projeto estabeleceu algumas exigências iniciais que os interessados precisam cumprir para poderem se inscrever na iniciativa:


– os interessados não precisam ter nenhuma ligação ou descendência direta japonesa.

– entretanto, brasileiros que possuem dupla nacionalidade não podem se inscrever no projeto.

– os candidatos a uma vaga na modalidade de Pós-Graduação não precisam ter conhecimento da língua oficial do país.



– o interessado precisa ter entre 17 a 24 anos, e até 35 anos para o curso de pós-graduação.

– possuir um bom domínio da língua inglesa.

– possuir ensino médio completo ou então terminar a escola até o ano de 2019 para os cursos profissionalizantes, técnico superior e graduação.

Confira agora algumas exigências particulares de cada uma das modalidades:

– Curso Profissionalizante:

A bolsa vai ter duração total de 03 anos. O aluno possui as seguintes opções de área para escolher: cultura e educação geral, moda e economia doméstica, administração, nutrição e cuidados pessoais, tecnologia e outras áreas.

Período de candidatura: 21 de maio a 18 de junho.

Avaliação: 03 de julho.

Mais informações: http://www.br.emb-japan.go.jp/itpr_pt/curso_profission.html.

– Técnico Superior:

Para esta modalidade, a bolsa dura cerca de 04 anos. Áreas disponíveis: engenharia marítima, arquitetura e engenharia civil, engenharia de materiais, engenharia de informação, da comunicação e rede, engenharia elétrica e eletrônica, engenharia mecânica e outras.

Período de inscrição: 21 de maio a 18 de junho.

Prova: 03 de julho.

Mais informações: http://www.br.emb-japan.go.jp/itpr_pt/escola_tecnica.html.

– Graduação:

Bolsa com duração de 05 a 07 anos. Cursos oferecidos: farmácia, medicina, veterinária, odontologia e outros.

Inscrição: 21 de maio a 18 de junho.

Avaliação: 02 de julho.

Mais informações: http://www.br.emb-japan.go.jp/itpr_pt/graduacao.html.

– Pós-graduação e pesquisa:

Bolsa com duração de um ano e seis meses. É necessário que o interessado tenha formação superior (licenciatura ou bacharelado) ou que termine a faculdade até junho de 2019. Podem participar pessoas com até 35 anos de idade.

Período de candidatura: 02 a 28 de maio.

Prova: 12 de junho.

Mais informações: http://www.br.emb-japan.go.jp/itpr_pt/pesquisa.html.

Benefícios concedidos aos aprovados

O projeto vai ajudar os aprovados no processo seletivo em diferentes pontos, como: matrícula e as parcelas da mensalidade da organização de ensino. Vão auxiliar também com as passagens aéreas, tanto da ida quanto da volta. Curso de aulas de japonês, o curso pode durar entre seis a um ano. Por fim, o programa ainda vai ajudar o estudante com uma bolsa no valor de R$ 3 mil a R$ 5 mil. A bolsa é paga mensalmente.

Como os interessados devem realizar a inscrição neste projeto

Para este projeto, as inscrições só podem ser feitas pessoalmente. As candidaturas devem ser realizadas em um dos consulados e embaixadas do Japão no Brasil nas seguintes localidades:

Pará: Belém.

Pernambuco: Recife.

Rio Grande do Sul: Porto Alegre.

Paraná: Curitiba.

Distrito Federal: Brasília.

Rio de Janeiro: Rio de Janeiro.

São Paulo: São Paulo.

Os interessados devem comparecer até uma das embaixadas levando os formulários e documentos pedidos para realizar a inscrição. Para acessar a lista de documentos acesse: http://www.curitiba.br.emb-japan.go.jp/itpr_pt/00_000021.html. Pessoas que não podem comparecer até uma das embaixadas, podem enviar os documentos pelo Correios. Lembrando que ambos os casos, é necessário respeitar o período de inscrição. Outras formas de candidatura não serão aceitas.

Por Isabela Castro

Deixe o seu comentário