Cursos são oferecidos no Japão para brasileiros



Intercâmbio para brasileiros no Japão para cursos de graduação e técnicos. Jovens com idades entre 17 e 21 anos podem se candidatar.

Você que está pensando em fazer um intercâmbio fora do país, já pensou em estudar do outro lado do mundo? No Japão? O destino ainda é pouco concorrido por estudantes brasileiros, que preferem países mais badalados como os Estados Unidos e Canadá, o que faz com que a concorrência para esse processo seja um pouco menor.

Estudar no Japão pode ter suas vantagens: o idioma exigido para os candidatos é o inglês, não é preciso saber a língua japonesa. O próprio governo oferece um ano de cursos preparatório, que pretende ensinar além da língua nativa a cultura e história do país, para que o estudante tenha uma melhor adaptação.



O ministério da educação do Japão está oferecendo bolsas para cursos de graduação e técnicos para jovens com idades de 17 a 21 anos Os cursos de graduação tem duração de 5 anos, e os técnicos de 3 anos. E o melhor: os candidatos selecionados para a bolsa contarão com passagens de ida e volta ao país, uma ajuda de custo mensal e isenção das possíveis taxas escolares. Um incentivo e tanto não?

O número de vagas? Não é limitado! Qualquer estudante brasileiro na faixa etária pode tentar uma das vagas. É preciso fazer uma redação, que explique suas intenções em cursar a graduação no Japão. Em sua redação deve constar também a sua opção de curso. Além da redação cada candidato deve anexar seu histórico escolar e uma carta de recomendação da última escola que frequentou.



Se você é um estudante que possui um bom histórico escolar e conseguiria uma boa carta de recomendação da instituição em que estuda, a dica é tentar uma das bolsas de estudo no Japão. Além de fugir da ampla concorrência dos outros países e dos processos seletivos cansativos, o estudante que embarcar  para o Japão terá acesso a um dos melhores sistemas de ensino do mundo e a experiências inesquecíveis com relação a trocas culturais.

Por Patrícia Generoso

Deixe o seu comentário