Guarapuava (PR) oficializa criação de novo curso de medicina 2014


No Paraná, o município de Guarapuava confirma a criação de um novo curso de medicina. A oficialização ocorreu na última segunda-feira, dia 22 de setembro, com a assinatura do termo de compromisso para o funcionamento do curso em questão.

O ato corrobora com o Programa Mais Médico, que preconiza a melhoria e a expansão da formação de novos médicos no país.


O município de Guarapuava não será o único contemplado com o curso de medicina, o governo federal anunciou no início deste mês mais 39 cidades que foram selecionadas para a criação de novos cursos de medicina.

As cidades de Campo Mourão, Umuarama e Pato Branco também fazem parte do programa no estado do Paraná. Sendo assim, os prefeitos e gestores municipais firmaram um compromisso para manter uma estrutura condizente para proporcionar uma formação de qualidade, principalmente na rede pública de saúde, além de efetuar mudanças que são recomendadas para atender às especificidades deste curso.

Um aspecto positivo trazido pela lei do Mais Médicos é a interiorização da educação, proporcionando o acesso global ao ensino de qualidade em várias cidades interioranas, e não apenas nas metrópoles como se vê. A legislação prevê a seleção dos municípios com necessidades sociais e que tenham condições estruturais de ter o curso em questão.



As medidas tomadas pelo MAIS MÉDICOS preveem a criação, até 2017, de cerca de 11,5 mil novas vagas para o curso de medicina e aproximadamente 12,4 mil vagas para residência médica.

Vale ressaltar que as medidas são de extrema importância, por aumentar o acesso dos estudantes a cursos de qualidade que antes só eram possíveis nas grandes metrópoles.

Este não foi o único benefício, o programa trouxe também médicos para atender as demandas imediatas das prefeituras. Foram 14.462 médicos para 3.785 municípios e mais 34 distritos indígenas. Mais de 50 milhões de brasileiros foram beneficiados com as ações.

Por André César

Deixe o seu comentário