Reciclagem Profissional para Profissionais da Assistência Social no Piauí


Secretaria de Estado da Assistência Social oferece capacitação para profissionais dos Creas e outros agentes que atuam na rede socioassistencial.

A Secretaria do Estado da Assistência Social, conhecida pela sigla Sasc, realizará, através da Dugsuas (Diretoria da Unidade de Gestão do Suas), a Oficina de Atualização a fim de reciclar os profissionais dos Creas (Centros de Referência Especializados de Assistência Social), além de prover capacitação para os outros agentes que atuam na rede socioassistencial.

A oficina acontecerá na cidade de Floriano, no Piauí, tendo seu início no dia 18 de julho e percorrendo o dia 19, findando no dia 20.


A Oficina vai abranger 50 pessoas, desenvolvendo práticas para estímulo do pensamento sobre o que é, de fato, a política de Assistência Social, expondo vídeos direcionados, além de realizando debates, tudo para construção dessa reflexão. Outros assuntos abordados serão acerca do fazer profissional, além da organização da cadeia de serviços, bem como o funcionamento dessa organização. Atualização de conteúdos metodológicos e teóricos também será desenvolvida.

Profissionais de outros municípios também terão participação na Oficina. Profissionais dos Creas de Floriano, Gilbués, Canto do Buriti, São Raimundo Nonato, Marcos Parente, Bom Jesus, São José do Piauí, Uruçuí, Landri Sales e Corrente, estão envolvidos na atualização.

O governo das cidades piauienses, juntamente com Sasc, promove essas oficinas como parte da capacitação necessária desenvolvida pela parceria. O objetivo é a atualização de conteúdos e a fomentação de discussões sobre serviços que denotem média complexidade. São serviços desse gênero que prestam atendimento e acompanhamento à indivíduos e famílias que tiveram seus direitos violados sem que os vínculos, tanto sociais quanto familiares, fossem interrompidos.



No mês passado (junho), a Oficina aconteceu em Piracuruca e apresentou resultados muito positivos, tanto por parte dos colaboradores quanto dos agentes. Ações desse tipo promovem qualidade nos serviços prestados para a comunidade local, sendo, no fim das contas, um benefício para a sociedade, já que auxilia no acompanhamento por parte desses profissionais tão essenciais. A assistência social simboliza um dos pilares da reconstrução de alguns pontos da sociedade, não só trabalhando com indivíduos, mas também por estar diretamente ligada à questão de família. Com os moldes sendo desengessados nesse quesito, é importante que os profissionais saibam como tratar essa desconstrução de forma positiva.

Por Carolina B.

Deixe o seu comentário