Riachuelo – Curso de Costureiro Industrial 2021 no RN

Categorias: Cursos de capacitação - Cursos gratuitos - Cursos para Mulheres - Rio Grande do Norte

Aulas devem começar no dia 10 de agosto de 2021.



Com a finalidade de gerar cada vez mais emprego e identificar talentos, a Riachuelo juntamente com o Senai (RN), adotou o Curso de Costureiro Industrial do Vestuário. O curso visa formar profissionais da região de Natal, onde estão localizadas as fábricas da empresa. A capacitação que foi iniciada em maio deste ano já realizou a formação de duas turmas, com 200 e 130 alunos, e está agora caminhando para que sua terceira turma seja concluída com sucesso. Esta terceira turma, de acordo com o que foi divulgado, irá começar no dia 10 de agosto.

O diretor executivo industrial da Guararapes, Jairo Amorim, destacou que de setembro a outubro de 2020 foram abertas 1000 vagas no parque fabril de Natal. Cerca de 600 destas eram destinadas para costureiras, de acordo com as informações dadas pelo diretor. Neste mesmo período eles conseguiram identificar a respeito da falta de profissionais desta área no mercado atualmente.

Com a previsão de um cenário bastante semelhante para as contratações do segundo semestre de 2021, e contando também com o avanços das vendas da marca, buscando por um plano de expansão e fortalecimento cada vez maior da marca, através de modelos de negócio como markeplace e outras lojas da Casa Riachuelo, o Grupo Guararapes resolveu então desenvolver uma oportunidade para que fosse feita com a comunidade local, e torna-la economicamente ativa.

Assim, a empresa resolveu desenvolver uma parceria contando com o auxílio de instituições locais, e com a ajuda do Senai do RN, para que fosse feito um projeto em relação a isso. Diante disso, Amorim destacou que devido a pandemia e a paralisação das aulas presenciais, e para aprender a costurar seria necessário estar de forma presencial no local, um corpo docente foi criado para que o projeto então fosse desenvolvido.



Levando em conta a demanda, as instituições então se uniram e criaram o curso gratuito de Costureiro Industrial do Vestuário, que existe no Senai. Algumas mudanças para tal foram essenciais, como por exemplo a localização do curso, que foi instalado neste caso em um galpão na fábrica de Guararapes, no Distrito Industrial de Extremoz. As turmas do curso com o tempo passaram de 30 pessoas para 100, no período matutino e também no vespertino, contando com três professoras do Senai e três instrutores que foram enviados pela Riachuelo.

O projeto todo foi desenvolvido em um ambiente ventilado e seguro para todos os envolvidos, para evitar qualquer tipo de contaminação. Além disso, também foi adotado o distanciamento entre alunos e professores no local, com as mesas que se encontram dispostas de forma que isso fosse possível. Ao longo de todo o programa os responsáveis o executaram levando em consideração as recomendações das autoridades para o momento da pandemia.

A metodologia utilizada ao longo do curso está sendo certificada pelo Senai, além da infraestrutura, materiais, maquinário e transporte que foram garantidos pelo Grupo Guararapes. O curso é totalmente gratuito e tem uma duração de 240h. O objetivo é qualificar os profissionais nos três tipos de máquina que são ensinadas: reta, galoneira e overloque.

A intenção do curso proporcionado por esta parceria é que através deste seja garantida uma mudança de vida para as pessoas através da moda. As primeiras vagas foram todas destinadas aos entornos de Natal. O grupo tem como seu maior objetivo desenvolver a comunidade em que está inserido, proporcionando estas oportunidades de valor e que levam os moradores da região a se especializar cada vez mais neste setor.

O Grupo Guararapes também destacou que diante do sucesso tem a intenção de expandir cada vez mais o projeto, e parte disso visa que seja criado um curso dedicado a pessoas que estejam em situação de vulnerabilidade e minorias, como transexuais e mulheres vítimas de violência doméstica.

Nayara Silva Guimarães



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *