Senai oferta Cursos em áreas de TI


O Senai está oferecendo cursos para áreas como inteligência artificial; nuvem (cloud); realidade virtual; big data; 5 G; python e soft skills.

A direção da instituição SENAI está liberando mais cursos para este primeiro trimestre, 2022.


O cronograma abrange áreas como: inteligência artificial; em nuvem (cloud); na área de realidade virtual; na área de big data; em 5 G; na área de python e em soft skills. Estes títulos traduzem ramos do saber profissional que estão cada vez mais presentes na vida contemporânea e se tornam requisitos indispensáveis para muitas áreas de trabalho.


Portanto, no sentido de prover melhores currículos para os cidadãos, a instituição passou por um importante processo de atualização em todas as suas modalidades de ensino, e agora dispõe de módulos de ensino presencial e à distância. Estas aulas são preparatórias para esse mercado incipiente que abrange vários ramos profissionais que vão dominar o mercado do amanhã.


É deste modo que o Serviço Nacional da Aprendizagem Industrial, ou SENAI, preparou com exclusividade esta nova modalidade de aulas que abrangem mais de dez segmentos, os quais incluem a profissões acima citadas, e que podem ser adquiridos em um pacote especial, uma promoção bem abaixo dos custos que cursos como esse de fato requerem: valores a partir de 71 reais.


Estes são programas de ensino executados em modo EAD, com emissão final de certificado. Este valor do curso poderá ser quitado em prestações; os alunos receberão todo o material digital necessário não apenas para participar das aulas, mas, como suplemento que permanece na posse do acadêmico. Os estudantes terão um perfil e um login próprios, para acessar várias matérias sempre que desejarem. Mas, é muito importante estar atentos, pois, estes módulos de ensino serão realizados em 30 e 90 dias, conforme a área.

Segue a relação das modalidades:

1 – Curso de Inteligência Artificial: ensino de aplicações sobre análises avançadas e nas técnicas fundamentadas na programação lógica, abarcando entendimento do modo de operação das máquinas; meios de interpretar os eventos; técnicas de análise sobre as tendências e demais comportamentos próprios de sistemas.

2 – Nuvem (Cloud): aprendizagem sobre o processo de distribuição dos serviços na área de computação, abarcando os servidores; meios de armazenamento; em bancos de dados; nas redes; em softwares; processos analíticos, todos via online e memória cloud; meios de perpetuar armazenamento; dados salvos em linguagem de programação; servidores hospedados no setor de Data Center, entre outros.

3 – Aulas na área de Realidade Virtual e Aumentada: processo de imersão integral de usuários no ambiente de simulações, na área de efeitos visuais, efeitos sonoros abrangendo os efeitos táteis, cujo desenvolvimento está tomando mais corpo nos últimos anos, sobretudo em vídeo games e até no ramo da medicina, como alternativa de cirurgias menos invasivas. Processo de integração nos elementos e nas informações virtuais entre o digital e o mundo concreto; filtros; projeções e demais conteúdos que fazem ponte entre o virtual e o real.

4 – Curso de Big data: aprendizagem na área de dados, ou seja, volume de conteúdos e tempo eficiente de transferências entre os arquivos e conteúdos. Processo de dados mais volumosos que superem as estruturas de softwares mais antigos; na área de estatísticas em escala nacional e internacional; em processamento de dados nas empresas; nas instituições, entre outros.

5 – Sistema 5G: a mais recente tecnologia digital, a quinta geração na internet móvel, que abrange alcance e velocidade muito mais eficientes, incluindo melhor tempo hábil no processamento dos downloads e dos uploads, bem como nas transferências de dados por frações de segundos, entre outros.

6 – Sistema Python: sistema e importante linguagem de programação da atualidade, em alta categoria, que opera via sintaxe eficiente e sintética, cuja estrutura tem um parentesco maior com a própria linguagem humana, entre outros detalhes.

7 – Sistema Soft Skills: aprendizagem nas competências e nas habilidades comportamentais para a execução das atividades profissionais, incluindo: sistema soft skills; solução de dificuldades no sistema e nos ambientes laborais; promover liderança e a necessária influência social; intensificar a inteligência emocional; o empreendedorismo, entre outras.

Por Paulo Henrique dos Santos



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.